1001 Classificados

LH Net - Informações (99) 98146-2853

PEDREIRAS: COMISSÃO QUE IRÁ COMPOR CPI COMEÇA A SER FORMADA

Na sessão da Câmara Municipal de Pedreiras dessa segunda feira, o grande assunto que tomou conta das discussões, foi sobre uma liminar expedida pelo Juiz Titular Marcos Adriano da 1ª Vara  de Pedreiras, para a imediata instalação de uma CPI Comissão Parlamentar de Inquérito. A referida comissão é  pra investigar uma licitação ganha pela empresa Moura e Construções que iria fornecer piçarra para o município e está no nome do Ex-Secretário de Esportes.
Na referida sessão, foi aberta o processo de investigação onde seriam escolhidos os três parlamentares que irão compor a CPI, composta por um membro da situação, um da oposição e um membro escolhido através de sorteio. Na oposição foi eleito como representante o vereador Elcinho Girio, por sorteio o vereador também da oposição, Robson Rios e outra vaga da situação, que ainda não foi escolhida. A comissão será composta por presidente, relator e membro.  
O vereador Robson Rios  destacou a importância da CPI. “Com certeza com a criação da CPI respalda a comissão buscar junto a câmara uma logística, na questão pessoal, financeira se existe a essa necessidade e sabemos que ela tem um poder. Podemos requisitar documentos, podemos ouvir testemunhas, pedir quebras de sigilo, então esperamos que daqui pra frente a coisa possa acontecer”, Concluiu o parlamentar. A comissão deve se reunir ainda essa semana para dar andamento aos trabalhos e indicar o membro da situação que ainda falta para compor a CPI.
O presidente da casa Bruno Curvina também se manifestou sobre a instalação da referida CPI. "A gente acatou a decisão que recebemos durante a semana do judiciário, onde Drº Marcos Adriano, decidiu que os procedimentos que a gente tomou durante a abertura da CPI, segundo o juiz, não foi a forma correta. A gente recebe com bastante cautela, o nosso jurídico está ficando a pá dessa situação e vendo o julgamento do juiz, se a gente vai está por satisfeito ou se existe alguma maneira para se recorrer essa decisão”, Disse o Presidente da casa Bruno Curvina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário